Ficha técnica

  • Título: Um Conto de Natal
  • Autor: Charles Dickens
  • ISBN: 978-85-254-1243-0
  • Editora: L&PM, Porto Alegre
  • Sinopse: Em meio ao frio e à neve da cidade de Londres, à véspera do Natal, todos preparam-se para a celebração do nascimento de Cristo. As donas de casa ocupam-se alegremente com seus assados, os homens, ansiosos, não veem a hora de voltar para casa, e as crianças perdem o sono pensando nos presentes. Apenas uma pessoa não parece feliz com o Natal: o velho Scrooge, homem de negócios sovina, ranzinza e solitário. Ele não vê razão para tanta alegria e inquieta-se, apenas, com a folga que terá de dar ao seu secretário. Mas ele recebe a visita fantasmagórica de Marley, seu falecido sócio, que se arrepende de ter passado a vida atrás do dinheiro. Ele leva Scrooge em uma viagem inesquecível para tentar salvá-lo enquanto é tempo.

Resenha

Não importa a época do ano, a crença do leitor, ou o século em que é lido, o Conto de Natal de Dickens mantém a capacidade de emocionar e fazer refletir, evidenciada pelo estonteante número de reproduções e adaptações que a épica redenção de Scrooge já recebeu (destaco aqui a versão do Tio Patinhas, que no original em inglês também se chama Scrooge).

Devido ao grande número de adaptações, a estória é familiar, mas mesmo assim surpreendente. Lotada de sutilezas e ao mesmo tempo direta e clara, como os fantasmas dos natais passados, presentes e futuros. Sua mensagem é universal e durará por ainda muito tempo. Até o mais honesto dos homens poderá reconhecer seus erros nos de Scrooge e, como o velho, decidir tomar um caminho melhor.

A qualidade da obra é única. Sem se perder em longas descrições ou enredos mirabolantes, consegue ser, apesar de sua simplicidade, uma obra-prima. Dito isso, ressalta-se que qualquer crítica que possa ser dita sobre Um Conto de Natal é irrelevante. Sua mensagem e seu legado soam mais altos e assim continuarão por gerações.