Para baixar arquivos da internet, não existe melhor opção do que os torrents. E para baixar arquivos via torrent não há melhor opção do que o µTorrent.

Apesar de ser um software excelente, o µTorrent pode ser otimizado para obter melhor desempenho mesmo em torrents com vários seeds. Neste post reuni alguns ajustes nas configurações do µTorrent que melhoram a velocidade do mesmo.

Instalação

Para começar, baixe a última versão estável do µTorrent pelo site oficial. A instalação é bem simples e segue o padrão da maioria dos programas.

O µTorrent atualmente está disponível para Windows e OS X. O site oficial informa que uma versão para Linux está em desenvolvimento, mas é bom não esperar muito por ela, já que essa informação está no site já tem um bom tempo e nenhuma informação oficial a mais foi fornecida. (Se você sabe de alguma novidade pode informar nos comentários).

Enquanto isso, no Linux recomendo o Deluge, que é bem parecido com o µTorrent. O local das configurações pode ser diferente, mas os valores serão os mesmos.

Geral

Para começar a configurar o µTorrent, abra o menu Opções e escolha a opção Preferências (ou pressione Ctrl + P).

Na opção Geral, marque as seguintes opções:

  • Start µTorrent when Windows Starts
  • Iniciar minimizado
  • Verificar atualizações automaticamente
  • Colocar .!ut aos arquivos incompletos
  • Prevenir standby se houver torrents ativos

Não altere as demais opções. O resultado deve ser como na imagem abaixo:

Printscreen

Conexão

Vá para o item Conexão da janela de preferências. Na opção “Porta usada para conexões de entrada” escolha um valor aleatório entre 55000 e 60000. Pode ser necessário liberar esta porta no seu roteador. Para isso, consulte o manual do mesmo.

Marque a opção “Liberar no Firewall do Windows”. Não altere as outras opções. O resultado deve ser algo assim:

Printscreen

Controle de Banda

Antes de configurar este item, descubra a sua velocidade exata de download e upload através deste serviço. Após as medições, vá para o item Controle de Banda no µTorrent, como na imagem:

Printscreen

Na opção “Taxa de upload Máx.”, escolha o equivalente a 80% (em kB/s) do valor indicado no teste de velocidade.

Se você usa torrents de trackers fechados que contam ratio, desmarque a opção “Taxa de upload quando não houver downloads”. Caso contrário, marque-a e escolha uma velocidade menor do que configurada antes (sugiro a metade).

Na opção “Taxa de upload Máx.”, escolha o equivalente a 80% (em kB/s) da velocidade de upload indicada no teste de velocidade.

Em “Taxa de Download Máx.”, escolha 80% (em kB/s), da velocidade de download indicada no teste.

Agora desmarque as seguintes opções:

  • Aplicar limite para transporte excedente
  • Aplicar limite para conexões uTP
  • Parar transferências quando usuário interagir

Por fim, mude o “Número máximo de conexões” para 700, o “Número máximo de peers conectados por torrent” para 350 e o “Número de slots de upload por torrent” para 7. Marque a opção “Usar slots adicionais quando a veloc. de upload for < 90%”.

BitTorrent

Nesta opção marque todos os itens exceto:

  • Habilitar controle de banda [uTP]
  • Limitar banda de peer local

Printscreen

No item “Saída”, escolha a opção “Forçado”.

Finalizando

Existem outros fatores que podem influenciar a velocidade de um torrent, como número de seeds e leechers, mas, de modo geral, estas dicas se aplicadas corretamente tendem a melhorar muito a velocidade de seus torrents.

Se você conhece alguma outra técnica útil para melhorar o µTorrent, seja bem-vindo a deixar seu comentário.